Faust – O Pesadelo Eterno (2000) – Tudo tem um preço…

Lembram do post anterior sobre [REC]? Se vocês observarem, verão que a distribuidora do filme se chama Filmax e que o produtor é Julio Fernandez. Pois bem, acontece que Julio Fernandez é um dos maiores entusiastas do cinema fantástico espanhol, não por que seus filmes são excelentes, mas sim porque o cara atua na produção de vários filmes de terror. A principio a Filmax realizava obras do gênero ao lado da Fantastic Factory (que na verdade fazia parte da própria Filmax), e desta parceria surgiram 8 filmes fantásticos, incluindo o objeto deste artigo.

[ATENÇÃO: Spoilers neste parágrafo] Pois bem, Faust é baseado numa história em quadrinhos, que explora o conceito da obra de Goethe, ao personagem principal fazer um pacto com um ser sinistro chamado M (Andrew Divoff) que aqui representa o demônio, ou de acordo com a obra de Goethe, Mephistofeles. John Jaspers (Mark Frost) vende a sua alma para poder se vingar da gangue que matou sua namorada Blue (Jennifer Rope). Ele ganha umas espécies de garras retráteis, com o qual ele decepa os vigaristas. Só que M quer que ele mate mais, e John entra em um conflito mental. Ele mata todas as pessoas de uma reunião de negócios e é encontrado em estado catatônico pelo Detetive Margólies (Jeffrey Combs). Ao ser levado para um sanatório, tem seu caso acompanhado de perto pela doutora Jade de Camp, que se interessa pelo caso do jovem. Só que John está entrando em uma transformação e virando uma espécie de demônio destinado a matar por M. Conforme John passa a acreditar mais em Jade, ele vai recuperando sua humanidade e tendo maior controle sobre o demônio em si, o que enfurece M, que decide matar-lo e capturar a doutora Jade para o ritual de evocação do Homunculus, verdadeiro motivo pelo qual M queria que John matasse tanta gente.

É com esta história que explora apenas vagamente o conceito do livro de Goethe que a trama se desenrola. Apesar de o filme ser espanhol, seu idioma é o inglês (infelizmente, já que muitos personagens forçam tanto o sotaque que fica cômico). Os efeitos são bem produzidos na maioria das vezes (assinados pelo grande Screaming Mad George) e em diversos momentos o espectador testemunha um show de gore. Se a produção tosca até é bem cuidada, a direção é capenga, já que quem assume a cadeira é o ruim Brian Yuzna (diretor de Re-Animator), que deixa diversos erros técnicos passarem (sério, alguém sabe se ele deixa microfones aparecerem na cara de pau de propósito???), além de sofrer do erro de gravar cenas de ação um tanto inconstantes e tentar padronizar ao estilo americano a obra. Quando John vira um demônio ele se torna uma mente sarcástica, matando por prazer, mesmo que seja para salvar a doutora. Alguns diálogos são engraçados, mas a maior parte das vezes o filme explora um humor estúpido.

Faust provavelmente não será um filme que você sentirá uma vontade louca de rever após os créditos finais. Mas também não é um trabalho de todo ruim. Se por um lado temos deslizes incompetentes, por outro temos algumas idéias legais e o clima tosco da produção tem seu charme. Obviamente a história é muito “Spawn”, mas é uma boa pedida para quem quer conhecer um pouco mais o cinema fantástico europeu e principalmente ver que a Filmax começou com obras despretensiosas até chegar no seu ápice maior [REC]. Ah, e vale ressaltar que Faust  é muito melhor que a produção seguinte da Fantastic Factory, Re-Animator: Fase Terminal (esse sim é um filme ruim).

Nota: 5,5

– – – – — – – – – – – – –

País: Espanha

Ano de Produção: 2000

Distribuidora: Filmax

———————

Elenco:

Mark Frost (John Jaspers/ Faust)

Andrew Divoff (M)

Isabel Brook (Jade de Camp)

Jeffrey Combs (Det. Margólies)

Monica van Campen (Claire)

Junix Inocian (Dr. Yuri Yamato)

Fermi Reixach (Comissioner Marino)

Edição: Luis de la Madrid

Efeitos Especiais: Screaming Mad George

Música: Xavier Capellas

Direção de Arte: Isidre Prunés

Produção: Julio Fernandez

Roteiro: David Quinn, baseado na história de David Quinn e Tim Vigil

Direção: Brian Yuzna

—————————–

Trailer original:

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s